Tratamentos

Colágeno: Benefícios, Como Consumir e Onde Comprar

Colágeno: o que é

Basicamente, o colágeno é um conjunto de proteínas que tem a função de fornecer maior sustentação à pele, deixando-a revitalizada, além de melhorar a saúde das articulações e ossos. No entanto, a reposição de colágeno é um tema bastante polêmico. Algumas pessoas alegam que o dinheiro gasto com o composto é um desperdício, uma vez que o organismo não absorve esse colágeno extra. Já outras defendem o seu uso, acreditando que os resultados proporcionados são incríveis.

Perda natural do colágeno

O organismo produz colágeno naturalmente, mas a partir dos 25 a 30 anos, o corpo começa a perder parte dessa produção diária. Desse modo, é interessante manter a reposição através de suplementos, a fim de garantir benefícios e desacelerar o envelhecimento.

Benefícios do colágeno

O colágeno ajuda a retardar o envelhecimento, diminuir as rugas e linhas de expressão, além de reduzir a flacidez e a opacidade da pele, fortalecer unhas e cabelos, e ser benéfico para articulações e ossos.

Em um artigo científico recente (publicado em 2014), 120 mulheres foram submetidas a alguns testes. Enquanto metade delas consumiram colágeno, a parcela restante consumiu apenas um placebo. Como resultado, todas as mulheres pertencentes ao primeiro grupo apresentaram uma melhora significativa na redução das rugas situadas na região dos olhos, além de aprimorarem o grau de firmeza de sua pele.

Confira também quais são os benefícios do óleo de coco para os cabelos.

Como consumir

colageno-em-poO suplemento de colágeno está disponível em cápsulas e na versão em . Para obter bons resultados é recomendado ingerir cerca de 10g por dia do composto, aproximadamente 1 colher e ½ e na versão em pó, ou o equivalente a mais de 10 cápsulas. De preferência, o consumo deverá ser feito durante ou entre as refeições, ou ainda à noite (antes de dormir).

É interessante ter ambas as versões disponíveis para consumo. O problema da versão em pó reside no fato de que a bebida pode se tornar facilmente enjoativa. Logo, para não prejudicar a reposição do colágeno, convém ter as cápsulas para os momentos em que o shake não for bem-vindo. Por mais suave que seja o aroma, a ingestão diária poderá causar algum incômodo ao paladar. As cápsulas também são muito úteis durante a realização de viagens, pois podem ser transportadas com maior facilidade.

Também é desaconselhável consumir apenas as cápsulas, pois isso aumentará consideravelmente o gasto com o produto. Além disso, o pó é mais versátil, podendo ser misturado em sucos, vitaminas etc.

Composição

Os suplementos de colágeno possuem 9g de proteína, e não contém maltodextrina, açúcar, corantes, conservantes e gorduras.

Colágeno engorda ou emagrece?

Algumas pessoas têm dúvidas com relação à possibilidade do colágeno promover o ganho de peso. Na verdade, o produto não detém gorduras, conforme informado há pouco, e apresenta uma carga calórica de aproximadamente 38 calorias por porção, equivalente a da metade de uma maçã. Portanto, se o indivíduo continuar se alimentando normalmente, não será o colágeno o elemento responsável por um possível ganho de peso.

Se o colágeno for consumido entre as principais refeições, o produto poderá proporcionar uma sensação de saciedade, estimulando um menor consumo de alimentos. Portanto, na verdade, o colágeno pode contribuir para a perda de peso.

Colágeno com betacaroteno

Existe uma versão do colágeno que foi desenvolvida para ser utilizada durante o verão, e como ela possui betacaroteno, o objetivo é mesclar os benefícios típicos do colágeno com a predisposição da pele ao bronzeamento. O “colágeno verão” se torna interessante para pessoas interessadas em estimular o crescimento dos cabelos.

Resultados

Os resultados podem ser visualizados com maior propriedade a partir de dois meses de uso do produto. Como se trata de um suplemento direcionado para a pele, o seu uso deve ser diário, como se fosse um creme antienvelhecimento.

Cabe observar que, concomitantemente ao consumo de colágeno, é altamente recomendável manter uma alimentação saudável, praticar exercícios físicos regularmente e tomar uma boa quantidade de água por dia. Essas ações são necessárias para que os resultados sejam realmente satisfatórios.

De fato, apostar todas as fichas em nutricosméticos e abandonar os demais cuidados com o corpo é ineficaz. Certamente, os produtos tendem a propiciar inúmeros benefícios, mas o usuário também deverá colaborar para que isso ocorra. No caso da celulite, por exemplo, de nada adiantará a mulher tomar refrigerantes em excesso e depois recorrer ao colágeno para tentar eliminar o problema.

Preçocolageno-em-capsulas

O colágeno tradicional é comercializado por cerca de R$ 45,00, enquanto o colágeno verão tem um custo aproximado de R$ 46,00. O produto tem relativo bom custo benefício, pois cada pote tem durabilidade de 1 a 2 meses.

Já o colágeno em cápsulas custa aproximadamente R$ 19,00. Conforme citado anteriormente, essa versão é indicada para ajudar a manter o consumo contínuo do colágeno, entrando como um substituto para os indivíduos que estiverem enjoados da versão em pó.

Agora a bola está com você:

Já usou colágeno para os cabelos? Se sim, teve bons resultados? Se ainda não usou, está pensando em comprar? Tem alguma dúvida sobre o produto? Comente abaixo e responderemos prontamente!

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido: Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98)