Tratamentos

Follixin faz Crescer Cabelo? – Experimentos e Depoimentos

Follixin: solução definitiva para a calvície?

Imagine que você pudesse ter boa parte dos seus fios de volta, retardar a calvície, e ainda não sofrer com os efeitos colaterais próprios de medicamentos como a Finasterida. Impossível? Não segundo uma empresa chamada Healwheel, fabricante de um composto dito milagroso chamado Follixin, que já há algum tempo é febre de vendas na Europa, e no segundo semestre de 2014 começou a ser vendido também no Brasil.

Seria marketing puro ou teria algo de verdade nisso? A empresa promete tudo isso baseada em comprovações científicas, as quais ela mesma faz questão de destacar em sua página oficial.

frasco-follixin

Follixin: composição

O Follixin é um suplemento natural composto por 16 aminoácidos, que em suma são blocos construtores de proteínas, e nossos fios são compostos por proteínas. Seus aminoácidos componentes são os seguintes:

  • Glicina.
  • Histidina.
  • Isoleucina.
  • Leucina.
  • Lisina.
  • Metionina.
  • Fenilanina.
  • Prolina.
  • Serina.
  • Treonina.
  • Tirosina.
  • Valina.
  • Alanina.
  • Arginiga.
  • Aspartato.
  • Glutamato.

O produto também possui alguns nutrientes fundamentais para a boa saúde capilar, como vitamina A, zinco, biotina, ácido pantotênico, colina e inositol.

Follixin realmente funciona?

O segredo de Follixin é proporcionar uma maior taxa de absorção de seus nutrientes pelo organismo, o que somente é possível devido ao processo de hidrólise provocado por sua cadeia de aminoácidos, onde enzimas específicas quebram os fragmentos proteicos em tamanhos mínimos, facilitando sua absorção.

Experimento 1: direto da Terra do Tio Sam

Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, conduziram um experimento de 24 semanas para averiguar os resultados do produto. Os testes envolveram 800 indivíduos, dos quais 720 eram homens e 80 eram mulheres, boa parte desses portadores de alopecia androgenética, alopecia areata ou outras doenças que atingem o couro cabeludo.

Ao fim dos testes a equipe chegou a um resultado surpreendente: 19% dos participantes haviam recuperado boa parte de seus cabelos, principalmente na região da coroa e nas entradas para os homens, e na região meridional para as mulheres. Isso significa que 2 em cada 10 indivíduos recuperaram seus fios. Apesar desse número não ser um absurdamente alto, é maior do que os obtidos por medicamentos tradicionais, como Finasterida e Minoxidil.

Findada a bateria de testes, os participantes continuaram o tratamento com Follixin, e 6 meses depois, uma nova constatação: cerca de 69% dos participantes relataram diminuição na perda dos fios, ou seja, em termos absolutos, 552 de 800 pessoas verificaram um retardo no processo de calvície. Esses números são expressivos mesmo considerando qualquer composto já feito para tratar a queda capilar.

Experimento 2: vai um flamenco aí?

Um segundo experimento realizado pela Universidade Autônoma de Barcelona, na Espanha,  foi dedicado apenas à homens que sofriam de alopecia androgenética, assim, 120 indivíduos foram divididos em 5 agrupamentos de 24 pessoas cada, e durante 4 meses foi administrado à esses grupos, de forma isolada, as seguintes terapias: solução tópica de Minoxidil 5%, Finasterida, Gly-Pro-Ile-Gly-Ser (penta peptídio, cuja abreviação é GPIGS), Follixin e um placebo. Nos 8 meses seguintes aos testes, a cada 60 dias, os pacientes foram reavaliados. A seguir as conclusões obtidas para cada grupo:

Grupo 1

O Minoxidil 5% teve como maior trunfo aumentar a espessura e alongamento do velus (cabelos extremamente finos e com pouca pigmentação, espécie de penugem), porém, sua ação foi temporária, e cerca de 4 meses após os testes, 75% dos pacientes já haviam perdido a espessura adquirida em seus fios finos.

Grupo 2

A Finasterida engrossou fios enfraquecidos em cerca de 12,5% dos pacientes, porém, 8,33% dos pacientes desenvolveram efeitos colaterais após os testes.

Grupo 3

O GPIGS promoveu uma intensa proliferação de queratinócitos – células da pele responsáveis pela síntese de queratina, proteína presente em nossos cabelos e unhas, além do elongamento das unidades foliculares em 12,5% dos pacientes. Na prática, isso significou apenas um temporário e diminuto ganho em espessura.

Grupo 4

Observou-se um considerável aumento da espessura dos fios em cerca de 46% dos participantes tratados com Follixin, os bons resultados persistiram 8 meses após o experimento, e 83,3% dos indivíduos tiveram sua calvície totalmente estabilizada durante esse período.

Follixin: efeitos colaterais

Por não basear-se na redução da produção de DHT (di-hidrotestosterona) pelo organismo, como ocorre com a Finasterida, o Follixin não provoca quaisquer efeitos colaterais ao organismo.

Follixin: contraindicações

Gestantes, nutrizes e crianças de até 3 (três) anos somente devem consumir o Follixin sob orientação médica.

Follixin e ANVISA

De acordo com a resolução RDC 27/2010 emitida pela ANVISA, por se tratar de um suplemento natural, o Follixin dispensa registro.

Follixin: depoimentos

Milhares de pessoas no Brasil já estão utilizando o produto, e postam diariamente nas redes sociais os resultados que estão obtendo ou já obtiveram. Segue alguns comentários aleatórios a respeito do produto:

depoimentos-eficacia-follixindepoimentos-redes-sociais-de-pessoas-reais-sobre-o-follixinfollixin-depoimentos-resultadosfollixin-resultados-contados-por-pessoas-que-realmente-existempessoas-que-usaram-follixin-contam-seus-resultados

Em quanto tempo verei os resultados com o Follixin?

Resultados mais expressivos tendem a surgir em um tempo médio de 6 meses de uso contínuo do produto.

Como devo tomar o Follixin

A ingestão deve ser de 2 cápsulas diárias. Para aumento da dosagem, consulte seu endocrinologista ou dermatologista.

Follixin: preço e onde comprar

O produto é vendido em pacotes, o menor deles conta com 3 unidades do produto, perfazendo 3 meses de tratamento, enquanto que o maior vem com 8 unidades. Cada caixa contém 60 comprimidos.

A seguir tabela de preços do mês de dezembro de 2015:

follixin-tabela-de-precos

O Follixin é vendido exclusivamente pela internet, a Healwheel dispõe de um único distribuidor do produto no Brasil, por isso, cuidado com imitações.

>> Clique aqui para comprar o Follixin oficial <<

Sua opinião:

Algo não ficou claro no artigo? Você já usou Follixin? Se sim, valeu a pena? Quais foram seus resultados? Se não, está pensando em comprar? Tem algum receio do produto não funcionar? Quais foram suas experiências passadas com produtos para queda de cabelo? Comente, comente e comente! Todos os comentários serão respondidos!

Queremos saber o que você achou do nosso review, então dê uma nota para ele!

[ratings id=”51″]

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido: Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98)